facebook 19
twitter 19
andes3

Cinco pesquisadores foram dispensados de uma das mais importantes instituições culturais do País. A Adufrj é citada na matéria da Carta Capital por ter repudiado a nomeação da atual presidente da Fundação Casa de Rui Barbosa pelo governo Bolsonaro, em outubro do ano passado. À época, a associação docente já criticava "a instrumentalização político-ideológica que estão sofrendo as instituições brasileiras".

De acordo com a Carta Capital, “O Diário Oficial da União publicou nesta quarta-feira 8 a saída do diretor do centro de pesquisa da fundação, Antonio Herculano Lopes. A lista de dispensas inclui ainda a jornalista Jöelle Rouchou, a ensaísta Flora Sussekind, o sociólogo José Almino de Alencar e o cientista político Charles Gomes.

Confira aqui a matéria da Carta Capital: https://bit.ly/304cjzU

Uma petição eletrônica repudia a tentativa de desmonte do Centro de Pesquisas e do Centro de Memória e Informação da instituição. O documento cobra o retorno imediato de todos os nomes às antigas funções. Mais de 13 mil pessoas haviam assinado a petição até o início da noite desta quinta-feira (9).

Topo