Silvana Sá

silvana@adufrj.org.br

A canção popular repete a pergunta que inquieta a Academia: O que será o amanhã? Se depender dos cortes impostos pelo governo federal, o futuro das universidades está profundamente ameaçado. Para reverter o ritmo da incerteza e mostrar para a sociedade a relevância do conhecimento produzido pela universidade, a Adufrj e a SBPC realizam a 2ª Marcha da Ciência. Será no sábado, 2 de setembro, na Praça Mauá, a partir das 15h, em frente ao Museu do Amanhã. O evento integra a campanha Conhecimento Sem Cortes.

A programação é extensa e inclui a participação do humorista Gregório Duvivier e do grupo Moça Prosa, uma animada roda de samba formada por mulheres. O planetário inflável da UFF vai fazer a alegria da criançada. As sessões serão realizadas a cada 40 minutos. Haverá, ainda, experimentos científicos.

Outra frente da campanha é o Tesourômetro, contador eletrônico que mede os cortes nos orçamentos de educação, ciência e tecnologia desde 2015. Os painéis eletrônicos já foram instalados no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e em Brasília.

Também faz parte da campanha uma petição online pela revogação dos cortes nessas áreas. O texto conta com mais de 78 mil assinaturas. O documento deverá ser entregue até outubro no Congresso Nacional e pode ser acessado em www.conhecimentosemcortes.org.br.

ADICIONAR COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(*)

(*)