Fachada do alojamento - Crédito: Isabella de Oliveira

Isabella de Oliveira

isabella@adufrj.org.br

Um ginásio da Escola de Educação Física e Desportos será a moradia provisória dos estudantes do bloco do alojamento atingido por um incêndio, na madrugada de hoje. A princípio, seriam instaladas na EEFD as pessoas que tiveram os quartos completamente destruídos pelas chamas. Mas a Defesa Civil decidiu interditar todo o bloco, onde residiam 165 alunos. Não há data para a reabertura desta parte da edificação.

Uma ala da residência pegou fogo por volta das 4h. Nove quartos foram atingidos. Segundo nota divulgada pela reitoria, o Corpo de Bombeiros atuou no prédio com 16 viaturas e fez os trabalhos de rescaldo. A causa do incêndio ainda será investigada pelas autoridades competentes, com acompanhamento da Superintendência-Geral de Políticas Estudantis (SuperEst) e da Prefeitura da UFRJ. Um aluno sofreu fratura na perna ao tentar sair do local e foi hospitalizado. Outros três tiveram ferimentos menos graves ou relataram inalação de fumaça.

Em reunião com os moradores agora à tarde, além de informar a moradia temporária na EEFD, a reitoria anunciou que busca locais mais adequados para acomodação dos alunos. Também foi liberado um auxílio emergencial de R$ 20 mil para a compra de itens básicos.

Os estudantes cobram da administração central o ressarcimento das perdas e ajuda com documentos, especialmente para os estrangeiros em intercâmbio.

Doações

O DCE Mário Prata informa que o alojamento precisa de doações de alimentos e roupas. Os itens podem ser entregues na portaria da residência estudantil.

ADICIONAR COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(*)

(*)