Comissão da Verdade do Andes-SN lança questionário

Perguntas devem ser respondidas até o dia 30

No último dia 2, a Comissão da Verdade do Andes-SN enviou algumas perguntas para as seções sindicais com o tema “ação da ditadura empresarial-militar (1964-1985) no âmbito da universidade”, especialmente no que diz respeito a perseguições/torturas/mortes/desaparecimentos de docentes.

Criada em março deste ano, durante o 32º Congresso da categoria, a Comissão da Verdade entende que a participação e envolvimento das Seções Sindicais neste processo serão fundamentais para o sucesso da iniciativa: contar a versão dos trabalhadores perseguidos nas universidades, uma vez que há várias discordâncias em relação à forma como foi constituída e como trabalha a Comissão Nacional da Verdade, instituída pelo governo federal.

As questões devem ser respondidas e encaminhadas até o final deste mês, 30 de setembro. A partir disso, a Comissão da Verdade do Andes-SN detalhará um plano de trabalho. 

Composição

A Comissão da Verdade, composta por três membros efetivos e três suplentes – sendo um da diretoria e dois eleitos no 58º Conad – é formada pelos diretores do Andes-SN Márcio Antônio de Oliveira (titular) e Paulo Cambraia (suplente), e pelos professores Hélvio Mariano (titular), Edson Teixeira (titular), Elídio Alexandre Marques (suplente, que é professor da UFRJ) e Antônio Lisboa (suplente). (Fonte: Andes-SN. Edição: Adufrj-SSind).

ADICIONAR COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(*)

(*)