- Adufrj - http://www.adufrj.org.br -

Conselho de Representantes fortalece Adufrj para 2018

O novo Conselho de Representantes estreou com o pé direito. Em sua primeira reunião, durante toda a manhã de 24 de novembro, 38 professores discutiram temas importantes para o destino da universidade e do sindicato. O encontro ocorreu no Instituto Coppead e terminou com uma confraternização.

O primeiro ponto de pauta foi o projeto de construção de uma sede própria para a Adufrj, hoje instalada em uma sala do Centro de Tecnologia. Com apenas três abstenções, os conselheiros consideraram a ideia importante para garantir a autonomia do movimento docente. Um grupo de trabalho foi designado para dar agilidade à tarefa.

A preparação de estratégias para responder aos ataques sofridos pelas universidades públicas também ganhou destaque no conselho, que resolveu criar uma força-tarefa para aprofundar o tema. As recentes manifestações do Banco Mundial, recomendando a cobrança de mensalidades nas universidades públicas receberam especial atenção.

“Foi um encontro produtivo e importante para traçarmos as estratégias para enfrentar 2018”, analisou a presidente Maria Lúcia Werneck. “Faremos reuniões trimestrais do Conselho. Essa parceria com os conselheiros é fundamental para fortalecer a ação da Adufrj e a defesa da universidade pública, gratuita e de qualidade”, completou a vice-presidente, Ligia Bahia.

Por unanimidade, os conselheiros criaram grupos de trabalho com temáticas diferenciadas, como obras, orçamento, carreira, condições de trabalho, nova sede e atualização do perfil atual dos docentes da UFRJ. Um calendário inicial para reuniões de unidades e do Conselho foi aprovado. No dia 15 de dezembro, uma reunião extraordinária define os trabalhos finais de 2017 e do início de 2018.

Confira alguns temas e trechos da reunião:

Sede própria
“Uma sede é mais do que um local de encontro e convivência, ela também é uma estratégia de atração e aumento da sindicalização docente. Ou seja, vai nos fortalecer para resistir aos ataques cada vez mais furiosos a que assistimos contra a universidade”.
Maria Lúcia Werneck · presidente da Adufrj

“Um espaço próprio é importante. E o caminho é pelo Plano Diretor, com sede no Fundão”. Fernando Santoro · IFCS

“Ter uma sede própria é fundamental para o futuro da Adufrj”.
Ligia Bahia · vice-presidente da Adufrj

Ataques à universidade
“O documento do Banco Mundial é uma volta ao passado em vinte ou trinta anos. É uma lista similar às apresentadas nos anos de 1990. Seria importante termos um Grupo de Trabalho sobre a universidade pública nesse momento”.
Alexis Saludjian · Instituto de Economia

“O debate sobre universidade não é técnico, nem se limita ao pagamento. O que está em curso é uma grande discussão de projetos, de projetos de país, de mundo, de humanidade. E a universidade precisa mostrar seu papel, valorizar sua função, trazendo a sociedade para sua defesa”.
Eduardo Raupp · Coppead

“A discussão sobre o ajuste no Brasil hoje não está restrita a economistas ou ao setor da Educação. A Saúde, por exemplo, é a segundo mais afetado. Em 2018, teremos eleições no Brasil e a discussão nacional deve ser feita. Há setores na disputa claramente contrários à universidade pública como entendemos”.
Ligia Bahia · vice-presidente da Adufrj

Campanhas e GTs
“É difícil não ser reativo em um cenário de tantos ataques. Precisamos mostrar para a sociedade a nossa importância e o valor social de nossa produção”.
Denise de Carvalho· Instituto de Biofísica

“A Adufrj conseguiu no último período respostas rápidas para a conjuntura Acho que devemos voltar com uma política de campanha de comunicação para isso: fazer é dizer”.
Leda Castilho · Coppe

“Um dos GTs deveria olhar para o patrimônio da universidade. A Faculdade de Educação funciona em aulários na Praia Vermelha. Nossas obras estão paradas no Fundão”.
Jorge Ricardo · Faculdade de Educação

Conhecendo a categoria
“A Adufrj pode e deve ajudar os professores se conhecerem e se reconhecerem, realizando matérias e levantamentos para, no futuro, termos algo como um Observatório da Universidade”.
Jackson de Souza Menezes · Macaé

Propostas aprovadas

– Grupo de trabalho para a sede própria da Adufrj;
– GT “Quem somos e o que fazemos?”, com levantamento, no Portal da Transparência, de indicadores sobre os professores da UFRJ;
– GT Carreira e GT Aposentados;
– GT de Acompanhamento da Gestão da UFRJ;
– Nova reunião do CR no dia 15 de dezembro volta às definições sobre grupos de trabalho, campanha de sindicalização, congresso do Andes e prestação de contas da diretoria anterior.