- Adufrj - http://www.adufrj.org.br -

Estacionar no CT pode custar R$ 3,50 em março

Os estacionamentos do Centro de Tecnologia serão cobrados. O edital para a licitação já está sendo preparado pela Pró-reitoria de Gestão e Governança, responsável pelos contratos da universidade. A expectativa da decania do CT é implantar o serviço no primeiro semestre letivo de 2018. Professores, estudantes, técnicos e prestadores de serviço vão pagar R$ 3,50 por acesso, ou R$ 77 ao mês.

O decano Fernando Ribeiro explica que a decisão foi motivada pela falta de segurança no campus: “É minha responsabilidade impedir que nosso corpo social sofra assaltos e sequestros nas dependências do CT. Licitar o estacionamento é uma solução ruim, mas hoje não vejo alternativa”, diz. A proposta foi aprovada no Conselho de Centro, no Conselho Superior de Coordenação Executiva, no Conselho de Curadores e pela Procuradoria da UFRJ.

A superintendente do CT, Wilma Almeida, explica que toda a infraestrutura dos estacionamentos será disponibilizada pela empresa que vencer a licitação. “Estão previstas a recuperação dos pavimentos dos estacionamentos, delimitação de vagas, colocação de cancelas, telefones, guaritas e 85 câmeras”, disse. Serão licitadas as vagas do Bloco B ao Bloco H, Bloco A (fundos), Bloco A (frente), Bloco H (fundos) e estacionamento do painel solar fotovoltaico. “Só ficou de fora o estacionamento do CT2”, completa Wilma.

Os estacionamentos terão um sistema de tolerância de 15 minutos para embarque e desembarque de passageiros. “Os visitantes poderão acessar também. Bastará se identificar na guarita. Pelo telefone, o funcionário fará a conferência e liberará o acesso”, explicou o decano.

Os usuários poderão escolher a modalidade de pagamento: diarista ou mensalista. “A vantagem do mensalista é que a pessoa poderá entrar e sair várias vezes ao dia e só pagará um acesso. Temos muitos professores que dão aulas ou têm reuniões em outras unidades e centros e precisam sair e retornar”, diz Fernando Ribeiro.

O software de cadastro de todos os usuários do CT já está pronto e utiliza informações do SIGA. Antes da implantação da nova gestão dos estacionamentos, o sistema terá os dados atualizados. A decania informará futuramente os prazos.