Instituto de Física sofre com sujeira

O professor Bruno Souza de Paula leu, no Consuni do dia 22, nota do Instituto de Física solicitando da reitoria posicionamento urgente com relação à falta de pagamento dos trabalhadores terceirizados da empresa Venturelli, que atende à limpeza do instituto. De acordo com a nota, as precárias condições de higiene do prédio não dão à Unidade condições de receber os estudantes para o semestre que se inicia (em 26 de outubro): “Ou não poderemos começar o semestre, ou precisaremos suspender as aulas logo depois do início do período”, diz a direção do IF na nota.

O pró-reitor de Gestão e Governança, Ivan Carmo, informou que, na última semana, houve uma reunião entre a reitoria da UFRJ, representantes da empresa e o Ministério Público do Trabalho. Foi assinado um Termo de Ajuste de Conduta que obriga a empresa a quitar todos os salários atrasados de seus funcionários até o próximo dia 27. E até o quinto dia útil de novembro deverá pagar os vencimentos relativos ao mês de outubro.

Assistência estudantil

Durante o Consuni, os estudantes também cobraram os prazos prometidos pelo Reitor durante a greve para entrega da reforma de um dos blocos do alojamento estudantil (prevista para o fim deste mês), para a instalação dos bandejões da Praia Vermelha e Macaé e pela transferência do polo Xerém para Santa Cruz da Serra, bairro de Duque de Caxias.

O novo prazo para a entrega do bloco em reforma do alojamento é final de janeiro de 2016. A reitoria informou que o atraso se deu em função da situação financeira da universidade, que acaba se refletindo na velocidade das obras. Sobre a instalação dos módulos nos quais funcionarão os restaurantes universitários da PV e de Macaé, o diretor do Escritório Técnico da Universidade, Márcio Escobar, disse que os prazos serão revistos por problemas na forma de licitação. Sobre o da Praia Vermelha, ele acredita que, no início de dezembro, o processo seja recomeçado depois do necessário detalhamento das plantas, pedido pela Procuradoria da UFRJ. O reitor Roberto Leher propôs uma reunião com o movimento estudantil para debaterem as questões relacionadas à assistência.

GT Orçamento 2016

Roberto Gambine, pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento, informou que a reitoria formará o Grupo de Trabalho de Orçamento para 2016. A primeira reunião deve ocorrer no dia 27 e tem por objetivo iniciar o planejamento para o orçamento da instituição e ampliar as discussões sobre orçamento participativo. Compõem o GT: PR-3, PR-6, gabinete do reitor, prefeitura universitária, Escritório Técnico da Universidade, representantes das decanias, representante do campus UFRJ-Macaé e do DCE Mário Prata.

ADICIONAR COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(*)

(*)