- Adufrj - http://www.adufrj.org.br -

Para mudar os rumos de 2018

Defesa da universidade pública, democracia e soberania nacional. Estes são os eixos que vão guiar um movimento docente apartidário e não sindical, ainda em formação. A informação foi divulgada durante a Assembleia Geral da Adufrj do dia 4 pela presidente Maria Lúcia Werneck. “Nosso foco de atuação será o Congresso Nacional”, explicou a professora.

A primeira reunião, que contou com representantes de seis associações docentes, ocorreu na sede da Adunb, em Brasília, no dia 1º. Com o objetivo de lançar um documento do grupo até março, início do período letivo para a maioria das universidades, outros encontros devem ser realizados nas próximas semanas. Maria Lúcia explica que o movimento surgiu em resposta à conjuntura de contrarreformas e outras medidas do governo que prejudicam o ensino superior público. As atividades do grupo serão mantidas pelo menos até as eleições de 2018, produzindo materiais para serem levados às candidaturas.