Termina a greve dos técnicos na universidade

Assembleia homologou acordo com o governo e marcou reunião com o reitor

Os técnicos-administrativos da UFRJ aprovaram o acordo feito entre a federação nacional da categoria (Fasubra) e o governo federal e colocaram fim à greve, no último dia 8. A decisão foi tomada em assembleia no auditório Samira Mesquita, na Reitoria. Além disso, o Sindicato entregou um documento com as pautas locais ao reitor Roberto Leher — estava prevista uma reunião entre Sintufrj e administração na data de fechamento desta edição (em 9/10).

Reajuste salarial

O reajuste salarial conseguido pela categoria foi, para a classe A, nível I, padrão 1 de R$ 1.197,67 para R$ 1.326,72 até janeiro de 2017, sendo o primeiro aumento só concedido em agosto de 2016, conforme foi anunciado no novo pacote de reajuste fiscal do governo, em 14 de setembro. Já o salário nível classe E, nível IV, padrão 16, vai passar de R$ 7.174,79 para R$ 8.323,87, no mesmo período. O reajuste corresponde a 5,5% em agosto de 2016 e 5% em janeiro de 2017. Os benefícios também foram reajustados: 22% para alimentação e saúde e 300% para o auxílio pré-escola. 

Demandas internas

Entre as demandas internas, estão: o comprometimento administrativo da UFRJ com o combate ao assédio moral, garantia de salubridade e saúde aos trabalhadores da UFRJ e, ainda, a manutenção de turnos contínuos em jornadas de 30 horas semanais para os servidores. (Fonte: Sintufrj. Edição: Adufrj-SSind)

ADICIONAR COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(*)

(*)